Crânios Alongados do Peru e Bolívia

Código do Produto: LIT-112

R$ 38,50

R$ 35,00

ou até 7x de R$ 5,24 com juros

Os crânios alongados estão entre os maiores mistérios da humanidade. As alterações  permanentes do corpo têm sido parte da cultura humana desde o início da história, de maneira que essa forma de se expressar tem sido motivada pelo desejo de diferenciar-se dos outros. A deformação craniana artificial neonatal (na cabeça do bebê) tem sido realizada desde tempos imemoriais, a partir dos Homos Sapiens arcaicos na Austrália até os tempos modernos e, em quase todos os lugares do mundo, os povo estão familiarizados com essa prática. A modificação do formato do crânio, favorecida pela maleabilidade do mesmo em recém-nascidos, era efetuada por meio de uma pressão constante aplicada sobre a cebeça do nascituro nos primeiros dias de vida até os três anos de idade. Esse costume pode ser identificado em todos os continentes, exceto na Antártida, e tornou-se uma prática difundida na América do Sul, especialmente no Peru, muito antes da chegada dos conquistadores espanhóis no século XVI. Seria este hábito de origem alienígena? Em uma viagem incomum pelo Peru e Bolívia, o biólogo e explorador Brien Foerster, que se interessa pelas culturas  indígenas desde a infância, nos traz essas e outras respostas sobre o assunto. Quando tinha apenas 11 anos, enquanto crescia na costa oeste do Canadá, começou a entalhar totens e outros objetos nativos. Depois de se formar em Ciências Biológicas, bacharelado e licenciatura, pela Universidade de Victoria, isso se tornou sua profissão. Então, ele se mudou para o Havaí e se envolveu na construção de uma canoa à vela nativa, de 62 pés, bem como na criação de remos de corrida outrigger feitos de madeira. O Peru tornou-se o foco de seu interesse em 2005 e lá passou a residir em tempo integral desde 2010. Ele divide seu tempo entre a capital inca de Cusco e a antiga cidade costeira de Paracas, escrevendo livros (15 até agora) e realizando excursões a antigos sítios do Peru, Bolívia, Egito e outras terras misteriosas. Essa obra não pode faltar em sua biblioteca!

Peso 0,240 kg
Comprimento 21,00 cm
Largura 14,00 cm
Altura 1,00 cm
Idioma Português
Editora Editora Anunaki
Número de Páginas 160
Autor Brien Foerster
Data de Lançamento Outubro, 2015

Os crânios alongados estão entre os maiores mistérios da humanidade. As alterações  permanentes do corpo têm sido parte da cultura humana desde o início da história, de maneira que essa forma de se expressar tem sido motivada pelo desejo de diferenciar-se dos outros. A deformação craniana artificial neonatal (na cabeça do bebê) tem sido realizada desde tempos imemoriais, a partir dos Homos Sapiens arcaicos na Austrália até os tempos modernos e, em quase todos os lugares do mundo, os povo estão familiarizados com essa prática. A modificação do formato do crânio, favorecida pela maleabilidade do mesmo em recém-nascidos, era efetuada por meio de uma pressão constante aplicada sobre a cebeça do nascituro nos primeiros dias de vida até os três anos de idade. Esse costume pode ser identificado em todos os continentes, exceto na Antártida, e tornou-se uma prática difundida na América do Sul, especialmente no Peru, muito antes da chegada dos conquistadores espanhóis no século XVI. Seria este hábito de origem alienígena? Em uma viagem incomum pelo Peru e Bolívia, o biólogo e explorador Brien Foerster, que se interessa pelas culturas  indígenas desde a infância, nos traz essas e outras respostas sobre o assunto. Quando tinha apenas 11 anos, enquanto crescia na costa oeste do Canadá, começou a entalhar totens e outros objetos nativos. Depois de se formar em Ciências Biológicas, bacharelado e licenciatura, pela Universidade de Victoria, isso se tornou sua profissão. Então, ele se mudou para o Havaí e se envolveu na construção de uma canoa à vela nativa, de 62 pés, bem como na criação de remos de corrida outrigger feitos de madeira. O Peru tornou-se o foco de seu interesse em 2005 e lá passou a residir em tempo integral desde 2010. Ele divide seu tempo entre a capital inca de Cusco e a antiga cidade costeira de Paracas, escrevendo livros (15 até agora) e realizando excursões a antigos sítios do Peru, Bolívia, Egito e outras terras misteriosas. Essa obra não pode faltar em sua biblioteca!

Peso 0,240 kg
Comprimento 21,00 cm
Largura 14,00 cm
Altura 1,00 cm
Idioma Português
Editora Editora Anunaki
Número de Páginas 160
Autor Brien Foerster
Data de Lançamento Outubro, 2015

Relacionados

Receba novidades e ofertas da Revista UFO